Fotos para anúncios de Imóveis: como fazer?

rule-of-thirds-with-guides-21

Tempo de Leitura: 4 minutos

Quer criar anúncios mais atrativos para vender imóveis?

Uma boa fotografia pode ser o que estava faltando!

Hoje vivemos uma era completamente imagética, em que, de fato, uma imagem vale mais que mil palavras. 

Portanto, a primeira imagem que seu potencial cliente vir do seu produto deve lhe encher os olhos ou, minimamente, ser tão harmoniosa para ele que o mesmo não perderá tempo tentando entender o que você quer mostrar mas já será diretamente impacto pela fotografia. 

Com a pluralidade de ofertas existentes no mercado, colocando o consumidor numa posição altamente privilegiada em relação às opções de compra, é importante garantir que seu produto vai ser visto de forma valorizada. 

Mas não se preocupe! 

Tirar boas fotos não é uma missão impossível e seguindo algumas simples dicas você pode produzir imagens lindas que vão valorizar muito mais o seu produto!

Confira!

Fotos para Anúncios de Imóveis: como produzir?

  • CENÁRIO

 

Por mais bonito que seja o imóvel, por melhor que seja seu acabamento ou por mais que ele seja espaçoso e tenha um bom pé direito, NADA disso será valorizado se ele não for fotografado corretamente. 

Vivendo numa sociedade totalmente imagética, é fundamental lembrar que as pessoas ainda julgam um livro pela capa. 

E, neste caso, sim, uma imagem vale mais que 1000 palavras!

Por isso, quando quiser que um lindo imóvel seja valorizado, comece por produzir boas fotografias dele. 

Sendo assim, o que é o seu cenário?

É o próprio imóvel que você vai fotografar. 

Desta maneira, certifique-se sempre que não há objetos espalhados, restos de obras ou bagunça ao fundo quando for fotografar. 

Algumas dicas para as quais se atentar: 

– Coloque entulhos e caixas fora do campo de visão da câmera. Se não for possível, deixe-os o mais organizados possível

– Não deixe objetos espalhados em pias, bancadas ou pelo chão. 

– Não fotografe espaços sujos, com aspecto de abandonado.

– Valorize ao máximo todos os cômodos do imóvel deixando-os o mais limpos e organizados possível para as fotos.

– Limpe espelhos e superfícies de vidro.

– Pendure um conjunto de toalhas que combinem com a decoração do ambiente

– Dependendo do espaço, uma flor ou planta pode dar um toque agradável.

 

  • ILUMINAÇÃO

 

O próprio conceito de fotografia só existe por causa da luz: a imagem é puramente nosso cérebro interpretando o contraste entre luzes e sombras. 

Por isso, por mais que sua câmera tenha um flash, sem uma boa luz sua foto não é nada além de um registro opaco da realidade. 

Quer saber como valorizar suas imagens daqui pra frente?

SEMPRE busque a luz e o que ela pode valorizar. 

Se você não tem equipamentos profissionais de fotografia, não se preocupe: busque os pontos mais iluminados para fotografar. 

Outra dica importante é nunca fotografar em contra-luz: embora uma boa escolha estética a depender da linguagem adotada, para imagens publicitárias o contra é um grande erro. 

Busque sempre deixar seu “objeto da foto” – no caso, o cômodo ou aspecto do cômodo que mais quer destacar – iluminado. 

Busque a luz, ilumine: sua foto já vai ter mais vida! Pode apostar!

 

  • ÂNGULOS E ENQUADRAMENTO

 

Um outro ponto fundamental e do qual não se pode abrir mão ao se pensar em fotografar. 

Se a visão nos é permitida pelo contraste de luz e sombra, a fotografia, além disso, demanda o uso dos ângulos para existir. 

E alguns deles são mais adequados aos nossos olhos – e cérebro – que outros, de modo que este tópico é de extrema importância para quem deseja aprender a valorizar mais suas fotografias. 

Explore os mais diferentes ângulos dos cômodos.

Você pode descobrir os melhores ângulos que favoreça o ambiente a ser fotografado

utilizando a regra dos terços, que consiste em enquadrar horizontal ou verticalmente o

que se deseja fotografar.

Não é necessária muita explicação para entender essa regra: pegue a sua imagem e

desenhe mentalmente um “jogo da velha” nela. Os pontos importantes da sua foto

devem ficar em alguma das 4 convergências dessas linhas recém-desenhadas. Se

existirem linhas na imagem, dê preferência em posicioná-las junto às linhas do jogo da

velha.

regra-terços-6

 

  • QUALIDADE DA FOTO

 

Você não precisa, necessariamente, ter uma câmera DSLR ou uma câmera profissional para tirar fotos com boa qualidade. 

Até porque qualidade envolve muito mais que resolução. 

Mesmo com equipamentos que produzam imagens com resolução menor, como algumas câmeras mais simples ou mesmo celulares é possível produzir imagens de qualidade, desde que a produção das mesmas observe aspectos como:

 

  • iluminação
  • enquadramento
  • assunto 
  • cenário

 

Já que o corretor de imóveis não é um fotógrafo profissional, câmeras mais práticas

são mais indicadas que consiga ótimas fotos para divulgar aos seus clientes.

Você também pode utilizar a câmera de um celular para fazer suas fotos, se quer

melhorar seus resultados, recomendo uma câmera profissional (uma semi profissional

já te dá novas possibilidades).

Uma câmera bastante utilizada e que eu indico é a Canon T5i.

O mais interessante dessa máquina é que ela oferece as funções básicas para quem ainda

não consegue manuseá-la com facilidade, além da possibilidade da troca da lente que te

permite fazer fotos variadas.

Caso você opte pelo celular fica aqui uma fica:  é possível melhorar a qualidade das

suas fotos utilizando lentes adaptáveis, são inúmeras

possibilidades.

This content is published under the Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported license.

Comments

comments

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!