Qualquer pessoa tem a capacidade de ter uma grande ideia, desde que potencialize e ative os seus canais para inovação. Vamos começar 2012 com essa reflexão? Acompanhe esse post e entenda melhor essa provocação.

Você já parou para pensar em como muitas vezes a urgência em ganhar dinheiro acaba se tornando a meta principal na vida de muitas pessoas, não abrindo espaço para possibilidades de novos caminhos, como a dedicação de um tempo para a busca de uma nova ideia ou aperfeiçoamento de algo que já exista, ou seja, a inovação?

Sou um tipo de pessoa que admiro e valorizo quem possui uma visão empreendedora, seja no campo pessoal ou profissional, por isso, acredito que entre ter dinheiro ou uma boa ideia, o melhor caminho é ter uma boa ideia.

Ao nosso redor existem várias oportunidades para inovarmos. Porém, muitas vezes não somos capazes de perceber essas situações, uma vez que não estamos focados nesse objetivo.

Ter ideias não é um processo fácil, pois elas nem sempre surgem de forma inesperada. Por isso, devemos criar o hábito de pararmos um momento do nosso dia para nos provocarmos a buscar novas ideias.

O empresário Eike Batista, considerado o homem mais rico do Brasil e o oitavo do mundo, disse em matéria publicada no Fantástico deste domingo, 1º de janeiro, que “empreender nada mais é do que identificar ineficiências, falta de qualidade de produtos e fazer algo melhor”, e o espírito é exatamente esse.

Nem sempre as ideias precisam ser tão complexas ou exclusivamente inéditas. Podemos fazer o que já existe, porém de uma forma diferente: isso é inovar. Hoje já temos exemplos de pessoas que conseguiram gerar renda a partir de boas ideias. E, com certeza já paramos diante de determinadas ocasiões e nos perguntamos: “como não pensei nisso antes”?

Porém, é necessário termos em mente que em algumas situações as nossas ideias não serão prontamente aceitas e muitas vezes serão questionadas, o que é importante para o nosso processo criativo e evolutivo.

Grandes pessoas que ousaram inovar, como Albert Stein, por exemplo, foram consideradas loucas em suas épocas, mas com o passar do tempo as suas ideias revolucionaram a humanidade.

Por isso, ter uma ideia é importante, mas apenas isso não basta. Temos que acreditar que ela é possível, sendo assim é necessário se capacitar e aprimorar as ideias por meio da execução das mesmas.

Quando o iPhone foi criado, por exemplo, muitas pessoas diziam: “para que isso?” e hoje, essas mesmas pessoas dizem: “não vivo sem isso”, o que o tornou um dos principais desejos da população e fonte de inspiração para novos produtos. E uma pergunta fica no ar: O que mais vem por aí?

As grandes ideias, muitas vezes, vêm daquilo que nos parece óbvio, e partir delas se criam novas percepções e produtos para atender um novo segmento de mercado. Portanto, não despreze uma ideia, por mais simples que ela possa lhe parecer. #ficadica

A primeira pessoa a acreditar na sua ideia tem que ser você. E mais: é importante se colocar no lugar das pessoas que estarão sendo influenciados por suas ideias. É preciso pensar: como a minha ideia pode mudar, melhorar ou afetar a vida das pessoas?

Várias empresas têm estimulado aos colaboradores a sugerirem melhorias por meio de programas que concedem prêmios às ideias que forem implementadas. Além disso, também já existem empresários e programas que financiam a realização de novos projetos e ideias. Muitas startups nasceram assim. Você sabe o que é uma startup? Leia mais sobre o assunto no link http://migre.me/7lCEx

As oportunidades estão postas para serem aproveitadas e qualquer pessoa tem a capacidade de ter uma grande ideia, desde que potencialize e ative seus canais para a inovação: audição, olfato, tato, visão e paladar. Acrescento ainda a esses cinco sentidos naturais, a necessidade de um sexto sentido: a inspiração. Todos eles são importantes durante um processo criativo, pois estimulam a nossa mente.

As ideias surgem a partir do momento em que as pessoas se dedicam a pensar em algo novo. Pensar exclusivamente em ganhar dinheiro pode ser considerado uma ação limitada, enquanto que a busca por novas ideias pode te levar a uma possibilidade infinita de novos caminhos para se alcançar um sucesso financeiro.

Então, que tal aproveitar esse novo ano que se inicia para rever antigas posturas e começar a organizar o desenvolvimento de novas ideias? Vamos encarar esse desafio?

E você já teve a oportunidade de sugerir uma ideia? Você conseguiu colocá-la em prática? Compartilhe conosco a sua experiência.

Inspire-se! Leia também:

Eike Batista dá dicas para você se tornar um empreendedor http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1677595-15605,00.html

 

Update: “De fato, não fracassei ao tentar, cerca de 10.000 vezes, desenvolver um acumulador. Simplesmente, encontrei 10.000 maneiras que não funcionam.” (Thomas A. Edison)

Update 2: Reveja matéria do fantástico com o título: Empreendedores transformam grandes ideias em negócios de sucesso.

Nos diga se a matéria acima tem tudo a ver com o título do nosso post? “Entre ter dinheiro e uma boa ideia: prefira uma boa ideia

Já me segue no twitter? >> @rg_machado. Fique por dentro de todas as novidades, inovações e análises do mercado imobiliário.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

9 comments
  1. Em geral sou reativo às colocações do tipo: os dez mandamentos, as sete regras, quatro forma de…. etc.
    Mas rendo-me, em alguns casos como o deotesto e desta animação com: as sete dicas para ter boas idéias. Ficou ótimo!
    Uma exceção à ‘regra’ – em meus preconceitos com relação às quantificações e passos para…..qualquer coisa.

    Na oportunidade me lembrei do Mundo das Idéias em Platão! Afinal, como diz o Mestre, tudo antes de se tornar uma realidade, existe no Mundo das Idéias!

    1. Olá Wander,

      Seja bem-vindo ao blog. Obrigado pelo seu comentário e que bom que tenha gostado da metodologia abordada. Esse é o nosso desafio diário dentro do blog juntamente com a equipe.

      Sinta-se sempre à vontade para para compartilhar suas ideias conosco. Será um prazer.

    1. Olá Bruna, que bom que gostou.
      A ideia do artigo é que o sucesso seja nosso. Então vamos praticar nossas IDEIAS.
      Obrigado pela visita e sinta-se sempre à vontade para compartilhar sua opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


oito − 3 =

Related Posts