Na hora de comprar um imóvel, nem sempre o novo morador se preocupa em saber detalhes da construção. De qual material são as paredes (para evitar possíveis ruídos), quais divisórias podem ser alteradas para não prejudicar a estrutura do prédio, a qualidade das tubulações, como foi feita a fiação elétrica e o encanamento, como funciona o sistema de gás e onde é possível furar a parede geralmente não estão na lista de perguntas a serem feitas ao vendedor.

Sem informações suficientes, uma possível reforma pode se transformar em um transtorno. Para evitar problemas no futuro, o comprador não deve abrir mão de alguns cuidados ao adquirir um imóvel.

A arquiteta e urbanista Jussara Specian, sócia da Casacinco, sugere que uma pessoa leiga no assunto não se aventure sozinha nessa avaliação. “O profissional de arquitetura ou engenharia é o mais indicado para isso, por mais simples que a tarefa pareça”, alerta.

Além de prestar atenção em detalhes como teto irregular, paredes que não podem ser furadas e excesso de ruído vindo dos vizinhos, é aconselhável que seja solicitado ao vendedor ou construtora cópias dos projetos do imóvel. Eles devem ser fornecidos aos profissionais responsáveis pela avaliação ou reforma da casa ou apartamento.

—-

Post originalmente publicado em Zap Imóveis.

Conheça nossa página no Facebook, e assine nosso canal no Youtube.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


− quatro = 2

Related Posts