Corretor de imóveis e os picaretas do mercado imobiliário

Corretor de imóveis e os picaretas do mercado imobiliário

Imagine um campo de batalhas: exércitos fortemente armados, soldados lutando pela sua sobrevivência e um único objetivo comum, a vitória.

Pois é desta forma que muitos veem o mercado imobiliário, como um ambiente de competição acirrada, em que só os verdadeiramente fortes, ou melhor dizendo, os estrategicamente preparados e bem posicionados vencem.

Este seria um cenário absolutamente natural, afinal, vivemos em uma sociedade competitiva, não fosse um fato que me incomoda profundamente. Nesta “guerra”, há alguns personagens pegajosos, desprezíveis: estou falando dos mercenários, aqueles “corretores” que entram em campo visando apenas uma coisa, DINHEIRO.

Os “soldados mercenários” acabam com a nossa profissão, pois lutam sem causa, sem objetivo, sem propósito. São verdadeiras bombas atômicas prestes a explodir e a extinguir todo o esforço dos profissionais que atuam com ética e responsabilidade e que visam a credibilidade da nossa carreira perante o cliente e o mercado de trabalho.

Portanto, você é convocado a se alistar no exército dos Corretores QR e a atuar no combate aos mercenários. Relacionei 10 atitudes desses pseudocorretores, desses picaretas que precisam ser denunciados e exterminados do mercado.

Vamos para cima!!!

1. “Corretor” que trabalha sem ter o CRECI. Esse é bandido e deve ser preso.

2. “Corretor” que liga para outro corretor e/ou imobiliária sem se identificar para captar (agenciar) um imóvel anunciado.

3. “Corretor” que anuncia um imóvel sem prévia autorização do proprietário.

4. “Corretor” que negocia a redução do seu honorário para garantir a venda e, dessa forma, gera uma concorrência desleal. Seu atendimento não é diferenciado o suficiente para lhe garantir o fechamento da venda, assim, apela para “golpes baixos”.

5. “Corretor” que retira a placa de outro corretor do imóvel sem aviso prévio ou autorização do proprietário.

6. “Corretor” que coloca placa em imóvel sem autorização do proprietário.

7. “Corretor” que trabalha em parceria com alguma imobiliária e/ou construtora e faz venda “por fora”.

8. “Corretor” que atende a um cliente na empresa e o encaminha para outro corretor “de fora” e, dessa forma, em caso de venda, não repassa a parte que cabe à empresa. Ressalto que o simples fato de passar o imóvel para outro corretor sem o aviso prévio à empresa já caracteriza safadeza.

9. “Corretor” que aplica o “over price”. Quem faz isso é bandido.

10. “Corretor” que trabalha na profissão sem gostar de gente. É tão pobre que só tem dinheiro (quando tem). Corretor de verdade ama gente. Gente que gosta de gente é GENTE.

Um mercado forte se faz com profissional forte. Você, corretor de imóveis, tem a obrigação de denunciar e se afastar desses pseudocorretores. Caso não o faça, estará sendo conivente com eles e ajudando a minar a nossa carreira.

Eu sou Guilherme Machado, um corretor apaixonado e que tem um sonho: elevar a profissão de corretor de imóveis aos mais altos patamares da legitimidade perante a sociedade. E quero muito você comigo.

Selo do Movimento Quebre as RegrasPor isso, criei o MAIOR MOVIMENTO do mercado imobiliário: o Movimento Quebre as Regras.

Esse Movimento nasceu do desejo de capacitar e valorizar a nossa profissão. Seja você também um QR. Me ajude a espalhar essa onda de ética, de lisura e de paixão pela profissão.

Tome a frente da trincheira, erga o acampamento da capacitação profissional do corretor de imóveis e não abandone jamais a posição de vigilante e de combatente incorruptível e incansável da valorização da nossa carreira. Isso é ser QR!

Afinal, juntos somos fortes!

Um basta à criminalidade.
Um basta aos pseudocorretores.

Eu vou mudar o mercado imobiliário.

Podemos fazer diferente, podemos fazer melhor.

#quebreasregras

Rumo ao pódio!!! #euacreditoemvoce

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!