6 motivos para você abandonar a carreira de corretor de imóveis

6-motivos-abandonar-carreira-corretor-imovel

AVISO: Se você sofre de pressão alta ou tem problemas de coração, este texto não é para você. Vou te DESAFIAR com choque de realidade, balançar as suas emoções e colocar suas certezas em xeque. Você está preparado?

Hoje, eu quero acabar com o seu sofrimento! O sofrimento de quem se sente enganado, de quem foi “arrastado” para a carreira de corretor de imóveis e que de repente “virou” corretor. Este texto foi pensado para você que não aguenta mais o mercado imobiliário.

Tenho um compromisso com a verdade e o meu objetivo hoje é claro: te INCENTIVAR a ABANDONAR de uma vez esta “maldita” profissão. Não se assuste e nem tenha medo! Leia este texto até o final. Separei 6 motivos que irão prevenir a sua “morte” no salão de vendas!

1º Motivo: Ser corretor de imóveis é para os loucos

Se alguém te disse que ser corretor de imóveis é fácil, sinto muito, você foi enganado! Ser corretor de imóveis, verdadeiramente, é ser um “desequilibrado total”. É ser apaixonado por se relacionar com a imprevisibilidade, com o inusitado, com o diferente, porque lidamos, diariamente, com uma das variáveis mais complexas que existe: O SER HUMANO!

Este é um desafio que somente os “corretores loucos” têm condições de assumir, pois eles não têm medo de se jogar, de se entregar por inteiro e não medem os esforços para descobrir e buscar os mais eficientes “remédios para as dores” dos seus clientes. Somente os loucos têm a coragem de aniquilar seus próprios desejos e anseios para servir de forma única àqueles que nos dão a oportunidade de sermos melhores, ou seja, os nossos clientes. Se você não é um “louco”, diga adeus ao mercado imobiliário.

2º Motivo: Salão de vendas não é sala de terapia

Se você é daquelas pessoas que sente uma necessidade enorme de desabafar seus problemas e angústias a todo momento, que não consegue sentar para conversar sem despejar as suas lamúrias, definitivamente você está numa “roubada”.

Salão de vendas não é sala de terapiaSe você é corretor de imóveis e age assim, abandone agora a profissão. Se você costuma ter atitudes como essas e está pensando em ser corretor, fuja e desista enquanto há tempo. Salão de vendas, escritório, estande de vendas, seja qual for o seu ambiente de trabalho, deve ser considerado um “solo sagrado” e não uma sala de terapia ou um muro de lamentações.

Este é o seu local para estar focado no intuito de entender e atender os seus clientes. Não são as suas dores que devem se sobressair, mas as dores do seu cliente. O papel do corretor é oferecer o remédio que o CLIENTE PRECISA, ou seja, a solução imobiliária mais assertiva.

Isso não quer dizer que o corretor não pode se angustiar ou se preocupar por ter contas para pagar ou por ter saído de casa para trabalhar deixando um filho doente, por exemplo. Essas dores pessoais não interessam ao cliente e não podem ser maiores que o seu empenho de oferecer a melhor experiência para ele. Ao contrário, essas dores devem ser o combustível que te fará ser o melhor, ser o QUEBRA-REGRAS.

Se acha que estou sendo radical, vou te contar um segredo: os seus resultados podem ser bem mais radicais, eles “batem na cara” sem piedade e não apenas “cutucam” você. #ficaadica

3º Motivo: Estilo “deixe a vida me levar” não combina com o mercado imobiliário

– Vem ser corretor de imóveis, é legal. Você fica livre pra trabalhar e tirar folga a hora que quiser. E mais, você ganha muito dinheiro fácil e rápido…

Falaram isso com você, sua empolgação chegou ao auge, os olhos brilharam e pronto: você virou corretor! Desculpe, mas eu tenho que rir, pois você foi facilmente iludido. Avisei que te contaria a verdade.

É fato que o corretor ganha bem e tem a liberdade de montar seus horários, mas não quer dizer que você possa “deixar a vida te levar” e que no final do mês seus resultados serão incríveis.

O corretor QUEBRA-REGRAS é incansável. Ele sabe que tem que estar ligado 24 horas por dia, 7 dias por semana, pois quem faz o horário do corretor é o cliente. Se ele só pode visitar o apartamento no domingo ou feriado, é neste dia que o corretor terá que atendê-lo, caso contrário, a venda não será fechada.

Ser corretor não é um “bico”, aquele trabalho que você faz quando não tem nada melhor. Não tenho nada contra quem faz bico, mas se você faz bico da profissão, ela vai fazer “bico” de você!

4º MOTIVO: Você não é um assalariado

ATENÇÃO: Seus resultados dependem de você. No final do mês, o corretor não vai ter um salário fixo. Se você não vende, você não ganha. Agora, se você é um corretor diferenciado, seu “salário” pode ser infinito.

Eu disse: I-N-F-I-N-I-TO. Seu ganho está diretamente relacionado ao seu trabalho. Ruim? IRADO! O corretor ganha por aquilo que trabalhou, portanto seus resultados não são limitados. Você não depende de promoção, de governo ou de patrão para ganhar mais. Todo mês você pode se dar um aumento.

Não é fácil, mas se você crer e fizer por onde, conseguirá conquistar tudo o que deseja.

5º Motivo: Você não vende sonhos

Corretor não é padeiro. Desculpe os padeiros de plantão. Minha comparação é feita de forma respeitosa. Por quê? Adoro sonho, aqueles doces que os padeiros fazem de forma única.

Corretor de imóveis: você nao vende sonhos!

Entretanto, corretor QUEBRA-REGRAS deve abominar o clichê “eu vendo sonho”. Exceto os da padaria, os sonhos são abstratos, estão no plano do imaginário, da projeção, do virtual. Já o imóvel é real e o seu cliente também.

Se pensou em amenizar o clichê e acha que o correto é dizer que você realiza sonho, pode esquecer isso também. Corretor de imóveis é um especialista da venda, é um profissional que ajuda o cliente a não se decepcionar e a consolidar, de forma mais segura, os seus projetos no ramo imobiliário.

Entendeu a diferença? #euacreditoemvocê

6º Motivo: Você terá medo

 

Confesso que até hoje sinto muito medo. Afinal, ser um corretor “QUEBRA-REGRAS” é trabalhar no limite o tempo todo. Hoje, ser excelente não basta. Temos que SER O MELHOR. No pódio só há lugar para o primeiro colocado. Essa não é uma tarefa fácil.

Contudo, minha loucura inconsciente de ser corretor de imóveis faz com que eu continue na minha caminhada, avançando para propósitos mais profundos, administrando meus medos e inseguranças.

Neste processo, saber que tem alguém ao seu lado, lhe dando apoio, ajuda muito. Eu estou com você, você está comigo, afinal, juntos somos fortes. Vamos nos beneficiar das teorias e práticas individuais, vamos compartilhá-las, enfrentando assim as angústias da profissão.

Veja bem, não estou aqui defendendo que para ser corretor de imóveis você precisa ser o Superman ou a Mulher Maravilha. Esses personagens apenas são parte de histórias para nos entreter. Todavia, corretores QUEBRA-REGRAS são reais, são pessoas como você, que tomaram a decisão de escrever o próprio destino, cujo “final feliz” depende de suas atitudes.

Não, eu não quero que você desista da profissão, mas que seja MELHOR!

Não, eu não quero que você desista da profissão de corretor de imóveis. Quero te provocar a ser melhor, a entender verdadeiramente o que é ser um corretor, a empenhar-se em ser um campeão e a desconstruir as crenças que impedem a sua evolução no mercado imobiliário. Eu consegui, e se eu consegui, você também vai avançar. Vamos juntos, compartilhe sua opinião, vamos INCENDIAR O MERCADO!!!!

Te vejo no pódio!!!! #quebreasregras

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!