Muitos de vocês já devem ter se perguntado ou ainda se perguntam: “como motivar minha equipe?”. A resposta, na maioria das vezes, não é tão simples de ser encontrada. Você concorda? Isso acontece porque talvez não estejamos fazendo a pergunta certa. Vamos juntos entender o porquê?

Cada membro de uma equipe é um ser único, com histórias de vida próprias e com sentimentos e aspirações diferentes. Uns querem uma promoção na carreira, outros, reconhecimentos, há aqueles que desejam até mesmo mudar de emprego. Cabe ao líder identificar as motivações dos profissionais da sua equipe e estimulá-los a agir.

Então, a pergunta mais correta que os líderes deveriam fazer seria: “Como estimular as motivações da minha equipe em prol dos resultados esperados pela empresa e da satisfação dos meus liderados?”.

Este, particularmente, é um tema do qual gosto muito e tenho várias contribuições a dar em função da experiência de mais de 10 anos de atuação no gerenciamento de equipe com foco em resultados.

Separei 10 dicas fundamentais que devem ser observadas nesse processo de envolvimento da sua equipe e por isso vamos dividir este artigo em dois post. Não tenho a pretensão de oferecer nenhuma receita ou defender qualquer teoria, mas vamos abordar algumas dicas que poderão ajudá-los a atingir os seus objetivos tendo a sua equipe como maior aliado. Vamos aprender juntos?

1. Estimule a automotivação de sua equipe

O líder deve, primeiramente, entender que a motivação é algo que já está presente em sua equipe. A própria formação da palavra motivação já nos dá um sinal disso, ou seja, motivo + ação.

Cada colaborador tem um motivo que o leva a sair de casa todos os dias para o trabalho, seja pela necessidade, pelo desejo de aprender algo novo, pela aspiração de crescimento profissional, entre outras motivações.

Diante disso, o líder deve procurar conhecer a sua equipe e a partir daí identificar essas motivações pessoais para estimulá-las e integrá-las ao comprometimento com os objetivos coletivos da equipe e da empresa.

2. Desafie profissionalmente a sua equipe

Um dos maiores desafios do líder é manter a equipe motivada. E o ato de estimular a equipe deve ser constante, pois a motivação tem um efeito passageiro. Por isso, para além de conhecer as motivações pessoais e integrá-las aos objetivos coletivos, é fundamental desafiar profissionalmente a sua equipe.

É o desafio que move a equipe a dar o seu melhor, a sair de um estágio confortável para um estágio superior. E ao gestor cabe oferecer as condições necessárias para que seus liderados se coloquem em movimento.

Esse desafio deve ser baseado em um alinhamento profissional, por meio do estabelecimento de metas bem definidas, a partir da análise do mercado onde a sua equipe está inserida.

3. Ofereça incentivos

Em uma coisa vocês devem concordar comigo: ninguém aceita um desafio para continuar igual, não é verdade? As pessoas precisam ter uma possibilidade de ascensão.

Promoção, prêmios, plano de carreira, participação em cursos, auxílio nos estudos. Todos estes exemplos são tidos por sua equipe como um reconhecimento do seu trabalho e se configuram como uma validação do desafio proposto pelo líder.

Nós somos seres humanos e nossas relações são baseadas em sistemas de trocas. As pessoas, de uma forma geral, têm a necessidade de serem recompensadas por seus esforços. Não pensem vocês, líderes, que apenas palavras bonitas ou sorrisos são capazes de envolver a sua equipe. Esses elementos são essenciais, pois geram empatia e identificação, mas é necessário oferecer um diferencial para que o desafio seja aceito.

4. Valorize os indivíduos de sua equipe

Para além de incentivos financeiros, é importante que a equipe se sinta valorizada por meio de algumas atitudes simples do líder. Portanto, saiba reconhecer os valores individuais de cada membro da sua equipe, elogie o trabalho e agradeça pela dedicação de cada colaborador.

As pessoas gostam de se sentir especiais e ouvir que são especiais, mas esse reconhecimento deve ser sincero, pois o fingimento é facilmente percebido. Não elogie a sua equipe apenas para agradá-la e mantê-la motivada, faça com que os seus liderados percebam que são fundamentais para um processo e que o alcance do resultado vai beneficiar não só a empresa, mas também a equipe.

Potencialize os talentos individuais e não faça comparações entre os membros de sua equipe, isso pode gerar uma rivalidade que não é saudável dentro de um processo de trabalho coletivo.

Compreenda cada indivíduo como um ser único e estimule-o a dar o que tem de melhor. A soma dos talentos individuais aprimora a qualidade dos seus processos e torna a equipe mais forte.

5. Esteja próximo da sua equipe

Para manter uma equipe motivada é necessário, primeiramente, conhecer essa equipe. E o processo de conhecimento exige uma proximidade com aquilo que se deseja conhecer.

Por isso, é fundamental que os líderes saiam de suas salas e se aproximem de sua equipe. É importante, também, que os líderes estejam acessíveis, ou seja, que a equipe tenha a liberdade de ir ao encontro do seu líder.

Mantenha um canal de diálogo aberto e sincero com a sua equipe, ouça as sugestões, críticas, elogios. Não há nada melhor para manter um bom clima interno do que a equipe saber que pode conversar abertamente com os líderes, sem tantas burocracias e barreiras que impedem o contato direto.

Demonstre que a opinião da sua equipe é de suma importância para a evolução da empresa, para a melhoria dos processos e do ambiente interno de trabalho. Um diálogo frequente e aberto entre a equipe e o líder reduz os ruídos da comunicação e os boatos de corredores.

Essas foram as primeiras dicas de como manter a sua equipe motivada e envolvida. Amanhã irei abordar as outras cinco e espero contar com a sua participação aqui no blog. Posso contar com você?

Fique a vontade para comentar e partilhar as suas experiências. Como você tem superado os desafios desse processo de motivação? Participe.

Já me segue no twitter? >> @rg_machado. Acompanhe todas as novidades sobre o mercado imobiliário, empreendedorismo e inovação.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

7 comments
  1. ola guilherme, voltei depois de algumas turbulencias.Estou muito confuso profissionalmente,acredito na sua experiencia para me ajudar a me encontrar, sei que sou um grande vendedor,preciso muito de um norte. Preciso de um treinador,voce conhence um…rsrs campello

  2. Olá Campello, fico feliz por estar de volta. Sei que é um grande profissional. A situação pela qual passou leva um tempo para nos adaptarmos. Deixa as coisas acontecerem no seu tempo. Conte sempre com minha energia positiva e meus votos de sucesso.
    Abraços.

  3. Olá Guilherme, fico muito grato de poder entrar no seu blog e aprender cada dia mais! Tenho pouco mais de um ano como corretor de imóveis e me descobri nesse ramo, que é cheio de desafios e oportunidades. Seu nome aqui já é usado como ponto de referência para vários episódios! Pensando também na sua iniciativa, criei um blog sobre notícias imobiliárias e Design. imoveisevc.blogspot.com.

    Grande Abraço!

  4. Obrigado pelo importante feedback, Felipe. Quando tive a ideia de criar esse espaço foi exatamente para isso: Compartihar experiências, vivências e a construção de novos relacionamentos. Fico feliz de saber que estamos no caminho certo. Parabéns pelo seu blog. Irei fazer uma visita.
    Abraços e sucesso na sua carreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


+ sete = 15

Related Posts