Vai colocar um imóvel à venda? Saiba como valorizá-lo.

Vai colocar um imóvel à venda? Saiba como valorizá-lo

Preparar o imóvel é um dos principais passos para quem está pensando em colocar o bem à venda. Isto inclui realizar algumas medidas e investimentos que possibilitem a valorização do imóvel e uma melhor alocação de seu valor de mercado.

Porém, antes de fazer gastos exorbitantes visando uma valorização futura, é importante avaliar fatores como: o valor atual do bem, os custos de uma reforma mais robusta e o percentual de valorização após as benfeitorias realizadas. Depois disso é preciso ponderar se o aumento no preço final do imóvel realmente compensa o valor a ser investido na reforma. 

Muitas vezes, pequenos reparos já são suficientes para fazer o seu imóvel valer até 20% a mais, sem que para isso você tenha que gastar muito e, ainda assim, alcance uma melhor margem de lucro, ou até mesmo uma venda mais rápida.

Por isso, investir em uma nova pintura com cores neutras, realizar a troca ou reparo do piso, corrigir possíveis problemas elétricos e hidráulicos, cuidar da aparência da fachada e/ou do quintal quando houver necessidade e renovar a mobília são algumas práticas que terão forte impacto na valorização do imóvel.

Mas valorizar uma casa ou apartamento vai além das reformas. A manutenção do bem é fundamental para encantar os possíveis compradores. Por isso, mantenha o local limpo e organizado. Isso porque todos os sentidos do comprador entram em jogo como elementos cruciais para o negócio. Visão, olfato, tato e até o paladar ficam mais aguçados durante a visita do imóvel e não é só o valor do bem pesará na decisão.

Atente-se também a documentação, isso pode acelerar o negócio. O principal documento que precisa estar em dia é a escritura, sem ela a negociação corre o risco de não evoluir, além disso, um imóvel não regularizado, por exemplo, pode gerar muita dor de cabeça.

Não negligencie as contas do imóvel, pois obrigações não cumpridas prejudicam a venda. É importante consultar se o imóvel possui dívidas junto ao Estado ou à Prefeitura, ou até mesmo junto ao condomínio, e caso elas existam providencie a sua quitação. O potencial comprador fica muito mais propenso a realizar o negócio quando as contas do imóvel estão em dia.

Encare as benfeitorias que realizará no imóvel como propulsores do seu negócio e busque o equilíbrio para que o valor investido no reparo e na manutenção seja compatível com o seu orçamento e, sobretudo, esteja adequado à previsão de valorização do seu imóvel.  Para isso, contar com a assessoria de uma imobiliária de confiança ou um corretor de imóveis pode ser uma forma de garantir maior segurança para as suas decisões.

E você, corretor de imóveis que está lendo este post, atente-se a todas as informações necessárias que precisa saber para realizar a transação imobiliária, e mais do que isso, seja de fato o profissional que ajudará as pessoas a terem excelentes experiências, garantindo assim, o sucesso delas.

Te vejo no topo!

#quebreasregras

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!