Porto Alegre é 7º maior cenário do mercado imobiliário do Brasil

porto-alegre-7-maior-mercado-imobiliario-brasil

O anuário do mercado imobiliário brasileiro desenvolvido pela Lopes revelou que a cidade de Porto Alegre conquistou a 7ª posição no ranking das melhores praças para o mercado imobiliário no Brasil no ano de 2013. Em relação ao ano de anterior, a capital gaúcha teve uma queda de duas posições, porém isso faz parte de uma estratégia para diminuição de estoque e alinhamento da demanda com a oferta, ação característica de praças menores.

Porto Alegre é um dos maiores mercados imobiliários do Brasil

O VGV da capital gaúcha chegou a 2,5 bilhões, meta adquirida através da comercialização de 59 projetos que foram divididos em 4.761 unidades e 73 torres. Entre os empreendimentos lançados, 20% representam imóveis comerciais e a boa fase para este tipo de investimento na cidade ocasionou em um reajuste no valor do m² deste tipo de projeto, que fechou o ano com o custo mediano de R$ 9.530,00.

Entre os empreendimentos lançados em Porto Alegre, 20% são imóveis comerciais.

Quando analisamos o mercado imobiliário para imóveis residenciais, Porto Alegre possui regiões consolidadas. Os maiores lançamentos e comercializações aconteceram nos principais bairros da capital: Vila Jardim, Petrópolis e Bela Vista/Rio Branco. Estes bairros também possuem os preços mais caros da região, com m² mediano variável de R$ 6.740,00 à R$ 7.500,00. Destaque também para o valorizado bairro Moinhos de Vento, que atingiu o custo de R$ 7.800,00/m².

Na divisão das unidades lançadas em toda a cidade de Porto Alegre, 46% dos empreendimentos são edifícios de médio padrão, seguido por 27% de apartamentos com modelo econômico, 14% são construções populares, 7% unidades de alto padrão e 6% são apartamentos de altíssimo padrão.

Unidades lançadas por segmento em Porto Alegre

O destaque no modelo de imóveis residenciais em Porto Alegre são dos apartamentos com 2 dormitórios, que equivalem a 55% dos lançamentos, sendo 50% destas construções lançadas com o tamanho mediano entre 50 a 69m².

Além do recorde de imóveis com dois dormitórios, os empreendimentos com três quartos também tiveram boa representatividade no mercado imobiliário em 2013 e marcaram 30% das entregas, seguidos por imóveis compactos que representaram 13% das construções e os apartamentos com 4 ou mais dormitórios que equivalem a 2%.

Contrariando as regras das principais capitais do mercado imobiliário, Rio de Janeiro e São Paulo, o valor mediano do m² em imóveis compactos na capital gaúcha é o que possui o melhor custo x benefício, avaliado em R$ 5.790,00. Um apartamento com 2 a 3 dormitórios pode variar entre R$ 6110,00 à R$ 6.900,00/m² e quem pretende investir em um imóvel com 4 ou mais dormitórios pode pagar R$ 11.150,00 pela mesma dimensão.

Com táticas e estratégias bem definidas, 2013 foi um excelente ano para o mercado imobiliário de Porto Alegre. Conquistando a 7ª colocação entre os maiores cenários do mercado e a 6ª quando o assunto é o lançamento de imóveis comerciais. O município conta com perspectivas otimistas para o ano de 2014 e segue em desenvolvimento, apresentando resultados satisfatórios e atingindo boas margens de venda.

SOBRE O AUTOR

Redação GuilhermeMachado.com Equipe de conteúdo do blog GuilhermeMachado.com. Especializada em levar até você as principais notícias do mercado imobiliário. Aproveite!

Deixe seu comentário!