Não houve alteração no número de fusões e aquisições do setor imobiliário no primeiro semestre de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado, aponta pesquisa da consultoria KPMG.

De acordo com o levantamento, de janeiro a junho de 2012 ocorreram 17 operações desse tipo –quantidade igual à do primeiro semestre de 2011.

Considerando somente o segundo trimestre de cada ano, houve mais operações em 2012. Foram oito de abril a junho de 2012, contra seis no mesmo trimestre de 2011 –um acréscimo de 33,3%.

A maioria das operações foi feita entre empresas nacionais –65% do total.

“O setor Imobiliário ainda se mostra mais atrativo ao capital nacional, enquanto outros segmentos viram a presença estrangeira ser predominante”, aponta Luis Motta, sócio-líder da área de fusões e aquisições da KPMG no Brasil e coordenador da pesquisa.

Já curtiu a nossa página fã? >> FB/guilhermemachado.blog Acompanhe todas as novidades sobre o mercado imobiliário, empreendedorismo e inovação.

O conteúdo original desse post foi publicado no site Folha.com.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


4 × = vinte quatro

Related Posts