Construtoras investem em estandes incrementados para atrair compradores e fechar negócios no mesmo dia. Os estandes sempre foram uma realidade na venda de imóveis, mas esses locais vêm ganhando novas proporções e, de seis anos para cá, transformando-se em showrooms imobiliários — confortáveis salas de exposição, com maquetes, fotos dos novos e antigos empreendimentos, mídia interativa, apartamentos decorados e equipe de corretores. Ali, as construtoras che$a investir, em média, R$ 3 milhões. Em épocas de lançamento, um grupo de funcionários faz, inclusive, a análise de crédito do cliente, para fechar mais negócios.

— Oferecer um espaço bem equipado e informativo faz a diferença. No showroom, é possível conhecer melhor a empresa, tirar dúvidas sobre o empreendimento e conferir o apartamento decorado. No lançamento do Way Bandeirantes Residencial, num único dia, foram vendidas todas as 236 unidades — afirma Thiago Athayde, gerente de Incorporação da Living.

O principal objetivo desses espaços é fazer com que o consumidor tenha uma noção mais próxima de como serão o condomínio e o apartamento em que pretende morar, com toda a infraestrutura.

— Nosso showroom conta com paisagismo e arquitetura similares aos do projeto, espaço zen, as cascatas de um imenso lago, cercado por área verde, e um apartamento decorado, cuja mobília pode ser comprada também. Nosso cliente se sente dentro do imóvel. Para o futuro, pretendemos utilizar a tecnologia 3D na apresentação dos projetos — afirma Marcio Iorio, diretor da Santa Cecília.

As construtoras não param de inovar. Para atrair mais compradores, a Calper ergueu uma casa com a fachada exatamente igual às das unidades que serão entregues no condomínio Contemporâneo Design Resort Houses, em Campo Grande.

— A casa pronta e decorada chega mais perto da realidade — diz Carolina Feijó, gerente de Marketing da Calper.

Já curtiu a nossa página fã? >> FB/guilhermemachado.blog Acompanhe todas as novidades sobre o mercado imobiliário, empreendedorismo e inovação.

O conteúdo original desse post foi publicado no site Extra.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


− 4 = um

Related Posts