Com a desvalorização do dólar e a crise financeira, o mercado de imóveis americano está cada vez atraente aos compradores estrangeiros.

Uma pesquisa realizada pela NAR (National Association of Realtors) concluiu que o número de investimentos no país cresceu de US$ 66,4 bilhões para US$ 82,4 bilhões do ano passado até maio deste ano.

A pesquisa mostra que os brasileiros estão no ranking dos maiores compradores estrangeiros, conquistando o oitavo lugar. A três primeiras posições pertencem a canadenses, chineses e mexicanos, respetivamente.

Brasileiros estão na lista dos maiores compradores de imóveis nos EUA

Segundo o presidente da instituição, Moe Veissi, as vantagens do mercado imobiliário americano, como preços baixos e um boa condição da construção, são responsáveis por atrair investidores internacionais.

“A maioria das compras é destinada a investimentos, casas de férias ou a uma diversificação do portfólio. Além disso, muitos imigrantes enxergam a compra de uma propriedade como uma realização pessoal”, complementa.

Na lista dos lugares mais procurados estão Flórida, Califórnia, Texas e Arizona, que somados representam um total de 51% das aquisições.

Ainda segundo o levantamento, as condições climáticas e territoriais e a proximidade com o país de origem são características decisivas para compra: a costa leste, geralmente, é a primeira opção dos europeus, enquanto a costa oeste é o destino preferido dos chineses.

Já curtiu a nossa página fã? >> FB/guilhermemachado.blog Acompanhe todas as novidades sobre o mercado imobiliário, empreendedorismo e inovação.

O conteúdo original desse post foi publicado no site Folha.com.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


× seis = 54

Related Posts