Para muitos, do mercado imobiliário, ouvir essas palavras pode ser muito duro, mas ter feedback, e saber usá-lo, é importante para sua carreira. Você é bom? Descubra! Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Tente resistir a esta porrada! Você é bom? O mercado imobiliário é para você? Este é um texto para os profissionais que desejam se libertar de suas crenças limitadoras.  Se você pretende encurtar a distância entre você e o seu sucesso,  tem que acompanhar este artigo. Não tenha dúvidas, há muito em jogo por aqui.

Quem não gosta de receber um retorno de algo que fez? Sentir o frio na barriga ao ser avaliado e ter a oportunidade de perceber, na prática e de forma transparente, os resultados do nosso empenho e dedicação. É incrível perceber o misto de sensações que permeiam o profissional da venda ao receber um retorno do cliente. Ansiedade, medo, desconfiança, rejeição, decepção, indiferença, alívio, orgulho e sensação de dever cumprido são alguns destes sentimentos.

Ter coragem para solicitar feedback de um atendimento ao cliente é para poucos.

Com isso, ter a coragem para solicitar o feedback de um atendimento para o cliente é uma atitude para poucos. Somente aqueles que não têm medo de questionar suas certezas e que possuem um compromisso genuíno com a sua melhoria contínua é que o fazem. Estes são os verdadeiros QR (Quebra-regras)!

Para tanto, é necessário estar preparado para as respostas. Faz parte da essência humana querer que sempre falem bem da gente, pois isto nos conforta, acalenta o nosso ego. É por isso que, para muitos profissionais da venda, o feedback ainda é visto como a “hora do angústia”. A possibilidade de uma crítica negativa é capaz de fazer tremer e colocar por terra a segurança até mesmo do melhor vendedor.

Avalie comigo o que é pior: receber uma crítica que não agrada, mas que poderá lhe ajudar a identificar e corrigir as suas falhas ou manter os mesmos comportamentos que só fazem sabotar a sua evolução?

Mais cedo ou mais tarde você vai perceber que a falta de feedback pode te deixar estagnado na mesmice de seus resultados ou até mesmo perdido em meio a frustrações. Por isso, profissionais de vendas devem ter a preocupação em sempre obter um feedback do cliente. É isto que irá permitir fazer o realinhamento do atendimento e, sobretudo, os ajustes dos resultados obtidos.

Você já deve saber, mas não custa lembrar, que o feedback requer uma postura crítica de quem o recebe e não pode, jamais, ser avaliado com um apelo emocional, uma vez que isso pode trazer um sério prejuízo na relação com o seu cliente.

Ao contrário, o feedback, independente de sua carga positiva ou negativa, deve se tornar uma fonte de energia para sua melhoria permanente e para o aperfeiçoamento do seu relacionamento com o cliente.

Corretor de imóveis: poucos vêem alem do alcanceNão tenha dúvidas: apenas profissionais medíocres encaram o feedback como uma ofensa pessoal. Profissionais QR veem aí a sua oportunidade de fazer a diferença.

Desse modo, o feedback pode atuar como uma poderosa e indispensável bússola para o aprimoramento do seu trabalho,  ajudando a descobrir o caminho certo a seguir rumo à concretização dos seus objetivos.

Portanto, recebê-lo com atenção, fazer perguntas para melhor compreender a opinião do seu cliente, agradecer pelo feedback, refletir sobre  ele, corrigir rotas e buscar por novas práticas que garantam a melhoria efetiva das suas atitudes são comportamentos que se esperam de um vendedor campeão.

Descubra o poder do feedback para o seu aprimoramento profissional e elevação das suas vendas. Em seu próximo atendimento, solicite a opinião do seu cliente. Não tenha medo de ouvir algo que não gostaria, pois está aí a sua chance de QUEBRAR AS REGRAS. Você pode se surpreender. Tente, faça diferente, questione suas convicções. Eu tenho certeza que seus resultados serão espetaculares.

Eu acredito em você e te espero no pódio!!!

Juntos somos fortes!!!

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


dois + 4 =

Related Posts