Nesta semana fui entrevistado pelo Viva Real, considerado pela Property Portal Watch como o melhor portal de Imóveis da América do Sul. Falei sobre como é possível reduzir custos e inovar ao mesmo tempo para gerar bons negócios para empresas, colaboradores, consumidor e mercado.

Confira a entrevista na íntegra e participe nos comentários.

 

VivaReal – Como é possível reduzir custos e inovar ao mesmo tempo?

Guilherme Machado – É necessário investir no capital humano. A pessoa é elemento essencial para inovação. Sua capacidade de refletir, criar e propor mudanças é fundamental, independentemente do porte da empresa. Por isso é importante criar um ambiente propício para que a inovação aconteça com o estímulo à proposição de novas ideias, valorização do capital humano e intelectual, que são intrínsecos à empresa, ou seja, transformar colaboradores em parceiros do negócio. A empresa que cria esse ambiente, que instiga a liberdade de expressão e de criação, tende a reduzir os seus custos.  São atitudes que levam para um caminho determinado. Inovar é construir esse alinhamento para o alcance das metas.

 

VR – No cenário atual do setor imobiliário, como a motivação para inovar pode ser aplicada às empresas de todos os portes e aos profissionais desse segmento?

Machado – Estamos vivenciando um movimento de homogeneização de produtos e serviços no mercado. Por isso, a inovação é uma questão de sobrevivência e não mais um diferencial. Inovar é imprescindível para um profissional ou uma organização que almeja estar cada vez mais qualificada, garantindo a sustentabilidade de seu negócio.

É importante notar que a valorização do mercado imobiliário a cada dia atrai novos profissionais das mais diferentes formações; quem deseja ter uma história bem-sucedida precisa inovar. Aprender hoje, reaprender amanhã para aprender algo novo a cada dia e, assim, proporcionar uma melhoria contínua do profissional e também do próprio segmento.

 

VR – A experiência de compra de um imóvel tem mudado, principalmente, com a utilização de novos canais de comunicação para divulgar imóveis e prospectar clientes. Como o Brasil tem sido inovador/criativo/pioneiro nessa nova experiência de compra/venda/aluguel de imóveis?

Machado – É urgente a necessidade de conhecer profundamente o perfil do cliente. O tempo é escasso e as novas ferramentas de comunicação vêm para facilitar o relacionamento com o cliente. Mas só é possível inovar se os profissionais tiverem consciência da necessidade do atendimento diferenciado, gerando mais credibilidade. Conhecer o perfil do cliente é fundamental para antecipar-se às demandas e oferecer soluções mais rápidas e compatíveis com as necessidades.

As novas tecnologias permitem personalizar as ferramentas de comunicação e potencializar novos negócios. Essa realidade é o presente do mercado imobiliário e não mais o futuro. Diante disso, o pioneirismo do Brasil é buscar o entendimento das pessoas que navegam por essas ferramentas, criando relacionamento personalizado com os  públicos de interesse.

 

VR – Qual a importância dos portais imobiliários no desenvolvimento do setor?

Machado – Os portais imobiliários são ferramentas essenciais para transmitir informações e conhecimento para clientes e profissionais do mercado. Utilizados de forma estratégica, os portais são excelentes oportunidades para criação de novos relacionamentos e, consequentemente, de novos negócios. O seu potencial está na capacidade de ser uma plataforma  propícia para o desenvolvimento do e-Business e a integração com os públicos-alvo. Esses fatores ganham ainda mais relevância frente a rapidez da comunicação com o cliente, gerando confiança e comodidade.

 

VR – É os principais incômodos e desafios vividos atualmente pelos profissionais do setor imobiliário frente ao mercado?

Machado – Percebo que a oscilação no cenário econômico gera insegurança aos profissionais e às empresas. Isso impacta, por exemplo, na falta de previsibilidade de fluxo de caixa para um investimento mais arrojado até um orçamento familiar mais estável. Meu desafio, enquanto coach é tornar empresas e profissionais mais aptos a lidar com adversidades  a partir da educação continuada para  aumentar o nível de excelência na prestação de serviço.

 

VR – Quais são os principais desafios do setor imobiliário brasileiro para os próximos 2 anos?

Machado – A profissionalização, tanto no que se refere à gestão organizacional quanto à capacitação dos profissionais.

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

3 comments
  1. Destacamos os portais.

    Temos observado que apesar do mercado ter encontrado seu ponto de equilíbrio entre lançamentos e futuros compradores, o site tem se mantido em patamares interessantes, pesquisas mais criteriosas tem acontecido, também os interessados são mais pontuais e diretos, buscamos apresentar soluções com alternativas de pagamentos de forma que possa atender suas necessidades de desembolso financeiro.

    Somos Imoveis DF em Brasília

    1. Olá Marco,

      Obrigado pela sua participação. Esteja à vontade para interagir conosco e trocar experiências.

      Os portais se bem trabalhados se transformam em excelentes canais de relacionamento com os clientes. E o caminho é exatamente este apontado pela a empresa onde atua, a Imóveis DF. É de suma importância identificar o comportamento do seu cliente/internauta para, a partir de análises bem fundamentadas, elaborar estratégias de ação que atendam às demandas deste público, garantindo assim uma maior satisfação e consequente fidelização do cliente.

      Abraços e sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


× 2 = dois

Related Posts