Ser corretor de imóveis é muito mais do que simplesmente vender apartamentos. É isso que Guilherme Machado pratica e ensina, confira neste artigo! Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Um corretor me perguntou:

– Guilherme, se pudesse voltar atrás, você ainda seria corretor?

Minha resposta:
Nunca deixei de ser corretor e jamais deixarei de ser. Esta é a minha profissão e tenho muito orgulho disso, tanto que tatuei recentemente no braço a frase: Amo ser corretor. Uma prova incontestável de que o que eu digo sobre o mercado imobiliário e a profissão de corretor de imóveis não são apenas palavras jogadas ao vento, mas um sentimento verdadeiro que me motiva a lutar por um setor cada vez mais forte e respeitado.

Foi através da carreira de corretor que realizei meus grandes projetos profissionais e pessoais, ganhei muito dinheiro, conquistei bens, ajudei minha família, fiz amigos, vi sonhos sendo realizados.

Hoje não atuo mais na venda direta do imóvel, mas isso não me torna um “ex-corretor de imóveis”.

Ao contrário, busquei uma forma de ajudar a dignificar e valorizar a minha profissão, compartilhando aquilo que aprendi, as técnicas que utilizei e que deram certo e fizeram de mim um corretor de sucesso.

Creio plenamente que quanto melhor for a qualificação profissional do corretor, mais esta profissão tende a ser valorizada e respeitada e este é o meu grande objetivo.

Quero contribuir para que os corretores tenham orgulho da sua profissão, assim como eu tenho!

Ser a diferença que o mercado e o cliente precisam é o nosso desafio diário e é por isso que o Movimento Quebre as Regras está aí e não para de crescer.

Eu tenho um compromisso com você: quero te ajudar a revolucionar as suas práticas e os seus resultados.
Jamais duvide disso!

#QuebreasRegras
Te vejo no pódio!!!

 

Receba as nossas novidades, dicas de negociação e tendências do Mercado Imobiliário!

Assine nossa NEWSLETTER e fique por dentro das notícias do setor, diariamente! Inscreva-se, também, em nosso CANAL NO YOUTUBE.

 

 

Esse conteúdo é publicado sob a licença Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


seis × = 36

Related Posts