Como investir em imóveis com pouco dinheiro

Como-investir-em-imóveis-com-pouco-dinheiro

Se você alguma vez na vida pensou em investir no mercado imobiliário e desistiu por achar que não tinha dinheiro suficiente para comprar um imóvel ou se você planeja investir neste setor, mas não sabe por onde começar, este POST é para você.

Existem diferentes maneiras de investir em imóveis sem necessariamente precisar dispor de um grande capital para realizar a compra de uma casa, apartamento ou sala comercial, por exemplo. Vou apresentar 2 delas. Veja:

Letra de Crédito Imobiliário (LCI)

É um investimento de renda fixa, isto é, são títulos que pagam certa remuneração ao investidor em períodos previamente acordados. Na prática é como se você emprestasse o seu dinheiro a um órgão emissor (banco, empresa ou governo) e recebesse juros por este empréstimo que representam o rendimento da sua aplicação.

A LCI é isenta de imposto de renda e geralmente tem um tempo mínimo de resgate de 90 dias. Pode ser pré-fixado, cuja remuneração é determinada no momento da aplicação, ou pós fixada, quando o investidor saberá o quanto irá receber somente no final da aplicação.

O valor mínimo para o investimento varia de acordo com o órgão emissor do título, mas é possível encontrar aplicações a partir de R$ 500,00. Entre outras vantagens, a LCI é uma aplicação de baixo risco, possui a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) para valores de até R$ 250 mil. Portanto, se o emissor quebrar, você não perde o que investiu.

Fundos de Investimento Imobiliário (FII)

Os FIIs são formados por um grupo de investidores com objetivo de aplicar recursos em negócios imobiliários e obter o retorno a partir dos lucros com locação, arrendamento, venda do imóvel e demais atividades do setor.

Quem investe em um fundo não está adquirindo um imóvel, mas passa ter uma ou mais cotas do fundo que dão o direito de receber periodicamente uma parte do rendimento do investimento, os chamados dividendos.

Para comprar e vender cotas de fundos imobiliários é preciso estar cadastrado em uma corretora que intermediará as transações. Com isso, até mesmo um investidor menos experiente pode ser beneficiado, pois poderá contar com a assessoria de especialistas que acompanham o desempenho dos fundos e dão dicas sobre os melhores investimentos. Já existem cotas de FIIs a partir de R$ 100,00.

Cada tipo de investimento demanda um perfil diferenciado de investidor, portanto, identificar com clareza as vantagens e os riscos de cada um deles é essencial para uma escolha mais consciente e lucrativa.

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!