Os 7 maiores erros que os “melhores corretores de imóveis” cometem

7-erros-melhores-corretores-cometem

Este artigo foi escrito pensando em todos os corretores de imóveis que se acham experts no mercado.
Aqueles profissionais que se autodenominam especialistas. Que vendem, mas nunca o suficiente para uma vida abundante e plena. Que acreditam que já sabem tudo e julgam que o mercado é o mesmo todos os dias.

Confira os 7 maiores erros que os corretores de imóveis que “se acham” cometem

Confesso que alguns desses erros foram inspirados em minhas próprias práticas. Outros das minhas observações nos salões de vendas.

Então, se você não é esse profissional (que se acha o bam-bam-bam), este artigo não foi feito para você. Agora, se deseja saber os ERROS desses “corretores intocáveis” eu te desafio a ler as próximas linhas e encontrar os 7 erros (ou mais!) relacionados a esses pseudocorretores de imóveis.

1 – Já conhece o imóvel

Corretor “normal”: Vamos conhecer o imóvel?
Corretor “expert”: Já conheço.
Corretor “normal”: Mas esse apartamento acabou de entrar.
Corretor “expert”: Já conheço outros apartamentos nesse prédio e são todos iguais.

Fala sério!!! Isso é coisa de “mané”. Cada imóvel tem sua particularidade, sua especificidade. E os corretores de imóveis de verdade sabem e entendem isso. Posição de sol, piso, customização de plantas, entre outras mudanças, são “detalhes” que o corretor de imóveis deve conhecer.

2 – Escolher clientes

“Esse cliente não é pra mim”. “Aquele cliente não tem o meu perfil”.

Nesse caso eu concordo com o corretor “expert”.

Como isso é possível? Eu não acredito que exista cliente “mané”. Assim sendo, esse corretor está certo quando fala que determinado cliente não tem o perfil dele, afinal esse corretor é um “mané” e como não existe cliente “mané”, não há compatibilidade de perfil.

Acorda! Corretor de imóveis é um apaixonado por gente. Assim pensa, assim age e assim vive o verdadeiro corretor de imóveis.

3 – Não se comunicam com o seu gerente

O gerente é seu parceiro e não o seu concorrente. Querer fazer tudo sem comunicar ao seu gerente é um grande erro. Quem não sabe trabalhar em equipe e se relacionar com a hierarquia, não sabe viver em uma democracia. Tire a máscara. Você pode fazer melhor que isso.

4 – Não usam o sistema de gerenciamento de clientes (CRM – Customer Relationship Management)

O CRM é a ferramenta mais poderosa que existe. Com ela você deixa de ser um “corretor de imóveis” e passa a ser um “gerente de cliente”. Isso porque com o uso do CRM, o corretor pode centralizar o cadastro dos clientes, alinhar os diversos tipos de clientes com os diversificados imóveis que possui, agendar o contato com o cliente (e não deixá-lo sem um retorno e/ou satisfação), identificar as melhores oportunidades de negócio, segmentar clientes, entre outras possibilidades.

Indico alguns que gosto bastante: Agendor, Salesforce, Hybnobox.

Corretor de imóveis: uma ligação vale mais que um email5 – Acham que o e-mail é melhor que uma ligação

Corretores de imóveis medíocres têm medo de ligar para o cliente e se escondem atrás de e-mails. O contato frente a frente ainda é uma das melhores formas de se relacionar com o cliente e, consequentemente, de vender. Pare de ser covarde! Ligue agora para o seu cliente e marque um encontro com ele.

6 – Acham que venda é “intuição”

Venda é processo, existe metodologia. Venda é ciência. Não existe intuição, ou achismo. Suas experiências lhe ajudam, mas não é a garantia suprema dos seus resultados.

7 – Não conhecem o concorrente

Ser um especialista em relação ao concorrente é ser um especialista de mercado. Não é porque você não vende o empreendimento “x” que não deve estudá-lo. Portanto, analise detalhadamente a concorrência, seja você um corretor autônomo, um corretor de imóveis prontos ou de imóveis em lançamento, pois este estudo pode lhe render diferenciados e poderosos argumentos de venda.

8 – Reclamam da pressão e das metas (ERRO “BÔNUS”)

Se você não gosta de ser cobrado por resultados, não lida bem com a pressão e com as metas, e não é capaz de passar por tudo isso com um sorriso no rosto, numa boa: você não é VENDEDOR “na veia”. Corretor que não sabe e não gosta de trabalhar sob pressão, que não tem tesão pela superação, deve mudar de profissão já.

Não há problema algum nisso! O problema é você insistir na profissão e viver reclamando. Siga em frente e seja feliz!!!

… GAME OVER para esses pseudocorretores.
Comece agora a fazer a diferença. Os clientes não aguentam mais o atendimento MDM (mais do mesmo).

Eu quero te ver no pódio e não abro mão disso.
Este é o meu sonho. Esta é a minha missão.

Avante, corretores de imóveis #QR!

This content is published under the Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 Unported license.

Comments

comments

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!